LADY GAGA SZ
Rodrigo Cardozo, flickr.com

#LadyGaga

LADY GAGA SZ
Rodrigo Cardozo, flickr.com

#LadyGaga

Defender o direito das pessoas serem o que elas são é algo muito distinto de defender…

Defender o direito das pessoas serem o que elas são é algo muito distinto de defender “identidades de gênero” – homem, mulher, transexual, travesti e o escambau. Identidades só servem para nivelar e “pasteurizar” as características individuais de cada pessoa, transformando-as em meros “títeres”, em cópias estereotipadas, em pobres representações de categorias conceituais que traduzem muito pouco…

View On WordPress

Linha tênue

Originally posted on Inspiração que VENTA:

Somos seres complexos. Isso todo mundo já sabe. Os ditos populares como “Esse é casca grossa” ou “Haja paciência para lidar…” já nos dizem que todo mundo sabe como o ser humano é complicado, mas, tem algo curioso quando a gente fala em questões que não fazem parte da “normalidade” pré-estabelecida pelo social, esse algo curioso é a não aceitação, a…

View On WordPress

Bárbara e Heitor: casal formado por pessoas trans enfrenta 11h de viagem para viver história de amor

Heitor Rezende sobre Bárbara Macedo: “Foi maravilhoso saber que aquela mulher do Facebook era real”

Quem poderia imaginar que uma simples sugestão de amizade feita pela ferramenta do Facebook poderia se tornar em uma nova – e contemporânea – história de amor – com direto a encantadoras fotografias?

(more…)

View On WordPress

A Arte do Amor

Depois de nove anos juntas, casal de transexuais lutam na justiça para permanecerem casadas

Originally posted on Mundo HB:

Uma mulher trans está desafiando a recusa da Itália para permitir-lhe, que fique casa com a sua esposa. Alessandra Bernaroli, uma banqueira, diz que ela e sua esposa merecem continuar seu casamento feliz de nove anos. Sua esposa, também chamada Alessandra, deseja permanecer casada com Bernaroli.

Bernaroli, levou o seu caso aos tribunais da Itália, depois que o…

View On WordPress

O fracasso dos estereótipos de gênero

Média metragem de 50 minutos. Roterizado e dirigido por Fabio Oliveira, Príscila de Carvalho e Susana de Castro.